Vestuários aprovam unificação com Ramo Químico da CUT

Em momento marcante, reunião da direção toma uma das mais importantes decisões

Escrito por: Redação CNTRV • Publicado em: 01/08/2017 - 12:30 Escrito por: Redação CNTRV Publicado em: 01/08/2017 - 12:30

CNTRV Direção da CNTRV aprova unificação com CNQ

Convicta de que a unidade é o caminho a ser seguido na organização da classe trabalhadora, a direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores/as do Ramo Vestuário da CUT (CNTRV) aprovou, de forma unânime,  a consolidação dos debates e ações para a unificação da entidade com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Químicos da CUT (CNQ), que tomou a iniciativa em seu 8.º Congresso (clique aqui e saiba mais).

A deliberação ocorreu durante a reunião da direção ampliada, realizada no dia 28 de julho, na sede da CUT, em São Paulo.

“Esta é uma decisão histórica e pioneira no Brasil. Não se trata apenas de uma fusão de duas entidades, mas sim de um projeto político de unidade e fortalecimento da luta e organização dos trabalhadores e trabalhadoras dos Ramos Químico e Vestuário, filiados à CUT”, discursou emocionada Cida Trajano, presidenta da CNTRV.

A presidenta da CNQ, Lucineide Varjão, participou da reunião e destacou o significado da deliberação. “Precisamos criar instrumentos de luta do tamanho dos desafios da classe trabalhadora. Desde sempre debatemos a unificação das entidades sindicais e fazer parte desse momento é uma grande honra”.

Desafios

A direção da CNTRV debateu os desafios para a consolidação do projeto de unificação com o Ramo Químico da CUT. Os dirigentes apontaram as conexões nas cadeias produtivas dos dois ramos e destacaram a importância em fortalecer as ações que possibilitam a troca de experiências sobre a organização e luta das categorias envolvidas no projeto. “Como tudo na vida, existem desafios a serem superados e temos clareza de cada um deles. Contudo, a unidade é a melhor resposta para o fortalecimento das reivindicações e conquistas dos trabalhadores/as”, declarou Trajano.

Título: Vestuários aprovam unificação com Ramo Químico da CUT, Conteúdo: Convicta de que a unidade é o caminho a ser seguido na organização da classe trabalhadora, a direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores/as do Ramo Vestuário da CUT (CNTRV) aprovou, de forma unânime,  a consolidação dos debates e ações para a unificação da entidade com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Químicos da CUT (CNQ), que tomou a iniciativa em seu 8.º Congresso (clique aqui e saiba mais). A deliberação ocorreu durante a reunião da direção ampliada, realizada no dia 28 de julho, na sede da CUT, em São Paulo. “Esta é uma decisão histórica e pioneira no Brasil. Não se trata apenas de uma fusão de duas entidades, mas sim de um projeto político de unidade e fortalecimento da luta e organização dos trabalhadores e trabalhadoras dos Ramos Químico e Vestuário, filiados à CUT”, discursou emocionada Cida Trajano, presidenta da CNTRV. A presidenta da CNQ, Lucineide Varjão, participou da reunião e destacou o significado da deliberação. “Precisamos criar instrumentos de luta do tamanho dos desafios da classe trabalhadora. Desde sempre debatemos a unificação das entidades sindicais e fazer parte desse momento é uma grande honra”. Desafios A direção da CNTRV debateu os desafios para a consolidação do projeto de unificação com o Ramo Químico da CUT. Os dirigentes apontaram as conexões nas cadeias produtivas dos dois ramos e destacaram a importância em fortalecer as ações que possibilitam a troca de experiências sobre a organização e luta das categorias envolvidas no projeto. “Como tudo na vida, existem desafios a serem superados e temos clareza de cada um deles. Contudo, a unidade é a melhor resposta para o fortalecimento das reivindicações e conquistas dos trabalhadores/as”, declarou Trajano.



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.