Sindicalistas argentinos visitam Sindicato do Vestuário de Sorocaba

Trocas de experiências são importantes para o avanço da organização

Escrito por: Redação CNTRV • Última modificação: 12/07/2017 - 11:40 • Publicado em: 12/07/2017 - 11:27 Escrito por: Redação CNTRV Publicado em: 12/07/2017 - 11:27 Última modificação: 12/07/2017 - 11:40

Fernanda Viana (STI Vestuário de Sorocaba) Visita à empresa Comask

Na última segunda-feira, 10, o Sindicato do Vestuário de Sorocaba e Região recebeu a visita de dois sindicalistas argentinos do setor vestuário que estão no Brasil para participar de uma atividade formativa do projeto “Ação Frente às Multinacionais na América Latina”, desenvolvido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) em parceria com o Instituto Observatório Social (IOS), com o apoio da central sindical alemã DGB BW.

Cristina Apes e Jose Luiz, ambos dirigentes do  Sindicato dos Trabalhadores da Indústria do Vestuário da Argentina (SOIVA),  participaram de reuniões temáticas para a troca de experiências. Eles visitaram a planta da Comask (empresa que conta com todos os processos do setor de confecções) e integraram uma ação sindical junto aos trabalhadores da fábrica Neide Belline.

Para a presidenta do Sindicato do Vestuário de Sorocaba, Paula Proença, a atividade foi de extrema importância. “A troca de experiências nos abre possibilidades para novas formas de organização. Na Argentina, os/as sindicalistas têm liberdade para entrar nas fábricas e dialogar com os trabalhadores/as. Aqui no Brasil precisamos fazer isso na porta das fábricas. Conversamos sobre como é feita nossa comunicação com os trabalhadores. Apresentamos nossos mecanismos de imprensa sindical e eles nos contaram como dialogam e organizam a categoria na Argentina”, relata Proença.

O presidente do Sindicato dos Calçadistas de Jaú, Miro Jacintho, também participou da visita que foi intermediada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores/as do Ramo Vestuário da CUT (CNTRV). Durante a semana, a dupla participará de atividades formativas na cidade São Paulo.

Título: Sindicalistas argentinos visitam Sindicato do Vestuário de Sorocaba, Conteúdo: Na última segunda-feira, 10, o Sindicato do Vestuário de Sorocaba e Região recebeu a visita de dois sindicalistas argentinos do setor vestuário que estão no Brasil para participar de uma atividade formativa do projeto “Ação Frente às Multinacionais na América Latina”, desenvolvido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) em parceria com o Instituto Observatório Social (IOS), com o apoio da central sindical alemã DGB BW. Cristina Apes e Jose Luiz, ambos dirigentes do  Sindicato dos Trabalhadores da Indústria do Vestuário da Argentina (SOIVA),  participaram de reuniões temáticas para a troca de experiências. Eles visitaram a planta da Comask (empresa que conta com todos os processos do setor de confecções) e integraram uma ação sindical junto aos trabalhadores da fábrica Neide Belline. Para a presidenta do Sindicato do Vestuário de Sorocaba, Paula Proença, a atividade foi de extrema importância. “A troca de experiências nos abre possibilidades para novas formas de organização. Na Argentina, os/as sindicalistas têm liberdade para entrar nas fábricas e dialogar com os trabalhadores/as. Aqui no Brasil precisamos fazer isso na porta das fábricas. Conversamos sobre como é feita nossa comunicação com os trabalhadores. Apresentamos nossos mecanismos de imprensa sindical e eles nos contaram como dialogam e organizam a categoria na Argentina”, relata Proença. O presidente do Sindicato dos Calçadistas de Jaú, Miro Jacintho, também participou da visita que foi intermediada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores/as do Ramo Vestuário da CUT (CNTRV). Durante a semana, a dupla participará de atividades formativas na cidade São Paulo.



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.