REAJUSTE: SINDIQUINZE PARTICIPA DE REUNI

Escrito por: ale_gamon • Publicado em: 19/10/2011 - 17:48 Escrito por: ale_gamon Publicado em: 19/10/2011 - 17:48

O presidente do Sindiquinze, Joaquim Castrillon, que também é coordenador da Fenajufe, participou, na manhã desta quarta-feira (19), de uma reunião com o assessor especial da Secretaria Geral da Presidência da República, José Lopez Feijoó. Além de Castrillon, participaram do encontro os coordenadores da Federação, Jean Loiola e Cledo Vieira e o secretário geral da CUT, Quintino Severo.

Na reunião, os representantes pediram o apoio do assessor às negociações para fechar um acordo que garanta a aprovação dos PLs 6613/09 e 6697/09. O assessor, que vem do movimento sindical e foi vice-presidente da CUT, já havia se comprometido, durante a 13ª Plenária Nacional da Central, em São Paulo, em receber dirigentes da Fenajufe para debater a reivindicação da categoria.

No encontro desta quarta-feira, os dirigentes sindicais explicaram o impasse nas negociações entre os três Poderes, que tem impedido a aprovação dos projetos, parados na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara (CFT) desde o ano passado.

Eles informaram, ainda, que a CFT se comprometeu a votar o projeto na próxima quarta-feira (26), e, por isso, pediram o apoio do assessor para que até esse dia as negociações tenham avançado. ??Nós levamos ao assessor os problemas que temos enfrentado nesse processo e pedimos que ele nos ajude nas interlocuções. Explicamos, também, que não queremos que a Comissão de Finanças vincule a votação do projeto à aprovação da proposta de Lei Orçamentária pela Comissão Mista de Orçamento?, disse Jean Loiola, se referindo aos argumentos de alguns deputados da base do governo de que para votar o projeto na CFT, é preciso revolver primeiro o problema da previsão orçamentária na proposta da LOA.

Durante a reunião na Presidência da República, eles também pediram que, diante da postura de alguns deputados da base governista nas últimas sessões da CFT, o governo não crie obstáculos para a aprovação do PL 6613/09 na sessão da próxima quarta-feira. Na reunião, os coordenadores da Fenajufe solicitaram, ainda, o apoio de Feijoó ao agendamento de uma audiência com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. O objetivo desse encontro é convencer a ministra - responsável por fazer interlocuções junto às outras instituições do poder público, a ajudar nas negociações entre os três poderes ainda antes do dia 26.

O presidente do Sindiquinze informou ao assessor que a aprovação do PCS já havia sido objeto de debate entre o presidente do STF, ministro Cezar Peluso, e o então presidente Lula. ??Eles conversaram em agosto do ano passado e Lula prometeu encaminhar as negociações sobre o projeto logo após as eleições de outubro. O governo tem que honrar com sua palavra e cumprir com essa promessa?, disse Castrillon, que também informou que a categoria está em greve em vários estados e espera que as negociações aconteçam.

José Lopes Feijoó se comprometeu a procurar parlamentares da base do governo e também a conversar com o ministro Gilberto Carvalho (Secretário Geral da Presidência) e outros setores do Executivo. Ele garantiu, ainda, que dará retorno à Fenajufe sobre as conversas que fizer a respeito do reajuste dos servidores.

SINDIQUINZE: REPRESENTATIVO NOS INTERESSES DOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIO

do Sindiquinze, Caroline P. Colombo com informações da Fenajufe

Título: REAJUSTE: SINDIQUINZE PARTICIPA DE REUNI, Conteúdo: O presidente do Sindiquinze, Joaquim Castrillon, que também é coordenador da Fenajufe, participou, na manhã desta quarta-feira (19), de uma reunião com o assessor especial da Secretaria Geral da Presidência da República, José Lopez Feijoó. Além de Castrillon, participaram do encontro os coordenadores da Federação, Jean Loiola e Cledo Vieira e o secretário geral da CUT, Quintino Severo. Na reunião, os representantes pediram o apoio do assessor às negociações para fechar um acordo que garanta a aprovação dos PLs 6613/09 e 6697/09. O assessor, que vem do movimento sindical e foi vice-presidente da CUT, já havia se comprometido, durante a 13ª Plenária Nacional da Central, em São Paulo, em receber dirigentes da Fenajufe para debater a reivindicação da categoria. No encontro desta quarta-feira, os dirigentes sindicais explicaram o impasse nas negociações entre os três Poderes, que tem impedido a aprovação dos projetos, parados na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara (CFT) desde o ano passado. Eles informaram, ainda, que a CFT se comprometeu a votar o projeto na próxima quarta-feira (26), e, por isso, pediram o apoio do assessor para que até esse dia as negociações tenham avançado. ??Nós levamos ao assessor os problemas que temos enfrentado nesse processo e pedimos que ele nos ajude nas interlocuções. Explicamos, também, que não queremos que a Comissão de Finanças vincule a votação do projeto à aprovação da proposta de Lei Orçamentária pela Comissão Mista de Orçamento?, disse Jean Loiola, se referindo aos argumentos de alguns deputados da base do governo de que para votar o projeto na CFT, é preciso revolver primeiro o problema da previsão orçamentária na proposta da LOA. Durante a reunião na Presidência da República, eles também pediram que, diante da postura de alguns deputados da base governista nas últimas sessões da CFT, o governo não crie obstáculos para a aprovação do PL 6613/09 na sessão da próxima quarta-feira. Na reunião, os coordenadores da Fenajufe solicitaram, ainda, o apoio de Feijoó ao agendamento de uma audiência com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. O objetivo desse encontro é convencer a ministra - responsável por fazer interlocuções junto às outras instituições do poder público, a ajudar nas negociações entre os três poderes ainda antes do dia 26. O presidente do Sindiquinze informou ao assessor que a aprovação do PCS já havia sido objeto de debate entre o presidente do STF, ministro Cezar Peluso, e o então presidente Lula. ??Eles conversaram em agosto do ano passado e Lula prometeu encaminhar as negociações sobre o projeto logo após as eleições de outubro. O governo tem que honrar com sua palavra e cumprir com essa promessa?, disse Castrillon, que também informou que a categoria está em greve em vários estados e espera que as negociações aconteçam. José Lopes Feijoó se comprometeu a procurar parlamentares da base do governo e também a conversar com o ministro Gilberto Carvalho (Secretário Geral da Presidência) e outros setores do Executivo. Ele garantiu, ainda, que dará retorno à Fenajufe sobre as conversas que fizer a respeito do reajuste dos servidores.SINDIQUINZE: REPRESENTATIVO NOS INTERESSES DOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIOdo Sindiquinze, Caroline P. Colombo com informações da Fenajufe



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.