Mais de 160 mil pessoas assinaram petição para Lula receber Nobel da Paz

Abaixo-assinado eletrônico está circulando em grupos e redes sociais

Escrito por: Luciana Waclawovsky, especial para a CUT • Última modificação: 10/04/2018 - 10:58 • Publicado em: 10/04/2018 - 10:54 Escrito por: Luciana Waclawovsky, especial para a CUT Publicado em: 10/04/2018 - 10:54 Última modificação: 10/04/2018 - 10:58

Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Mais de 164 mil pessoas já assinaram abaixo assinado para que o ex-presidente Lula receba o Nobel da Paz deste ano. A iniciativa é do arquiteto argentino Adolfo Pérez Esquivel, ativista dos direitos humanos, que recebeu o título no ano de 1980. A meta é chegar a 200 mil assinaturas para encaminhar ao comitê do Nobel, que fica na Noruega. Assine você também. 

A rapidez com que o abaixo assinado eletrônico tomou corpo – em apenas cinco horas no ar o pedido já havia chegado a 100 mil apoios – pode ser considerada uma resposta da sociedade à prisão política decretada pelo Judiciário brasileiro. 

Condenado injustamente e sem provas da propriedade de um imóvel [triplex Guarujá] que não lhe pertence, o ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR desde sábado passado (7).

Por meio do site change.org Esquivel, que hoje está com 86 anos e tem interesse em visitar Lula nos próximos dias, justificou a iniciativa, pois segundo o ativista, através do compromisso social, sindical e político de Lula, “desenvolveu políticas públicas para superar a fome e a pobreza em seu país, um dos mais desiguais no mundo”. 

Ainda segundo escreveu o ativista na carta enviada ao comitê norueguês, “a paz não é somente a ausência da guerra, nem evitar a morte de uma ou muitas pessoas, a paz também é proporcionar esperança de futuro aos povos, em especial aos setores mais vulneráveis, vítimas da “cultura do descarte” que nos fala o Papa Francisco”. 

Para desespero de representantes de uma elite política que pretendia desmoralizar as políticas públicas e sociais implementadas no Brasil nos dois mandatos de Lula, e que tiveram seguimento nos governos de Dilma Rousseff, a prisão do ex-presidente fez disparar o apoio da população. 

Segundo constatou uma pesquisa tracking (consulta por telefone para monitoramento) feita nos últimos dias por um grande instituto nacional, a condenação do ex-presidente fez bem à sua imagem. Conforme publicado na coluna política do jornal O Tempo, de Belo Horizonte, a jornalista Raquel Faria comentou que o apoio a Lula 'explodiu' na população.

O Nobel

Criado no ano de 1901 O Prêmio Nobel é uma das mais prestigiadas premiações do mundo. Todos os anos, pessoas que fizeram pesquisas de grande valor para o bem do ser humano em diversas áreas, como Química, Física, Medicina, Literatura, Economia e Paz, são escolhidas e premiadas.

Já foram agraciados com o título a indiana Madre Teresa de Calcutá, o africano Desmond Tutu, Óscar Árias, o russo Mikhail Gorbachev, o norte-americano Barack Obama. Até hoje nenhum brasileiro foi contemplado.

Título: Mais de 160 mil pessoas assinaram petição para Lula receber Nobel da Paz, Conteúdo: Mais de 164 mil pessoas já assinaram abaixo assinado para que o ex-presidente Lula receba o Nobel da Paz deste ano. A iniciativa é do arquiteto argentino Adolfo Pérez Esquivel, ativista dos direitos humanos, que recebeu o título no ano de 1980. A meta é chegar a 200 mil assinaturas para encaminhar ao comitê do Nobel, que fica na Noruega. Assine você também.  A rapidez com que o abaixo assinado eletrônico tomou corpo – em apenas cinco horas no ar o pedido já havia chegado a 100 mil apoios – pode ser considerada uma resposta da sociedade à prisão política decretada pelo Judiciário brasileiro.  Condenado injustamente e sem provas da propriedade de um imóvel [triplex Guarujá] que não lhe pertence, o ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR desde sábado passado (7). Por meio do site change.org Esquivel, que hoje está com 86 anos e tem interesse em visitar Lula nos próximos dias, justificou a iniciativa, pois segundo o ativista, através do compromisso social, sindical e político de Lula, “desenvolveu políticas públicas para superar a fome e a pobreza em seu país, um dos mais desiguais no mundo”.  Ainda segundo escreveu o ativista na carta enviada ao comitê norueguês, “a paz não é somente a ausência da guerra, nem evitar a morte de uma ou muitas pessoas, a paz também é proporcionar esperança de futuro aos povos, em especial aos setores mais vulneráveis, vítimas da “cultura do descarte” que nos fala o Papa Francisco”.  Para desespero de representantes de uma elite política que pretendia desmoralizar as políticas públicas e sociais implementadas no Brasil nos dois mandatos de Lula, e que tiveram seguimento nos governos de Dilma Rousseff, a prisão do ex-presidente fez disparar o apoio da população.  Segundo constatou uma pesquisa tracking (consulta por telefone para monitoramento) feita nos últimos dias por um grande instituto nacional, a condenação do ex-presidente fez bem à sua imagem. Conforme publicado na coluna política do jornal O Tempo, de Belo Horizonte, a jornalista Raquel Faria comentou que o apoio a Lula explodiu na população. O Nobel Criado no ano de 1901 O Prêmio Nobel é uma das mais prestigiadas premiações do mundo. Todos os anos, pessoas que fizeram pesquisas de grande valor para o bem do ser humano em diversas áreas, como Química, Física, Medicina, Literatura, Economia e Paz, são escolhidas e premiadas. Já foram agraciados com o título a indiana Madre Teresa de Calcutá, o africano Desmond Tutu, Óscar Árias, o russo Mikhail Gorbachev, o norte-americano Barack Obama. Até hoje nenhum brasileiro foi contemplado.



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.