Funcionários da OAB, em greve, fazem passeata nesta sexta (7)

Trabalhadores da OAB SP reivindicam o índice do ICV-Dieese, de 6,68%,na correção dos salários, mais aumento real de 10%

Escrito por: Selma Munhoz - Sinsexpro • Publicado em: 07/06/2013 - 12:28 Escrito por: Selma Munhoz - Sinsexpro Publicado em: 07/06/2013 - 12:28

Os funcionários da OAB SP, em greve desde a última terça-feira, 04/06,sairão em passeata pelo centro da Capital paulista nesta sexta (7), às 14h30, para acompanhar a audiência de conciliação que ocorrerá no Tribunal Regional do Trabalho. A atividade terá início na Praça da Sé, 385, onde está localizada uma das subseções da OAB, e seguirá pelo Viaduto Maria Paula e Rua da Consolação, onde fica a sede do TRT.

A previsão do Sinsexpro, sindicato que representa os trabalhadores, é de que participem da passeata cerca de 500 trabalhadores. Somente nas duas subseções da OAB, no centro de SP, trabalham 700 funcionários. A paralisação atinge todas as unidades da Ordem na Capital, Grande São Paulo e Interior do Estado.
Os trabalhadores da OAB SP reivindicam o índice do ICV-Dieese, de 6,68%,na correção dos salários, mais aumento real de 10%. A Ordem oferece apenas 6,03% de aumento total. Ontem a autarquia ingressou com processo de Dissídio Coletivo no TRT.  A OAB SP também pediu liminar que garantisse retorno de 50% do efetivo de trabalhadores ao serviço e desimpedimento imediato do acesso à sua sede, sob pena de fixação de multa diária contra o Sinsexpro.
A Justiça indeferiu a liminar legitimando o movimento e fortalecendo a greve. A audiência de conciliação do Dissídio foi agendada para esta sexta-feira (7/6), às 15h45, na sede do TRT, na Rua da Consolação, onde os trabalhadores se concentrarão para acompanhar o resultado da reunião.

Saiba mais - O Sinsexpro é o Sindicato dos Trabalhadores das Autarquias de Fiscalização do Exercício Profissional e Entidades Coligadas no Estado de São Paulo, ligado à Central Unica dos Trabalhadores de São Paulo.
Título: Funcionários da OAB, em greve, fazem passeata nesta sexta (7), Conteúdo: Os funcionários da OAB SP, em greve desde a última terça-feira, 04/06,sairão em passeata pelo centro da Capital paulista nesta sexta (7), às 14h30, para acompanhar a audiência de conciliação que ocorrerá no Tribunal Regional do Trabalho. A atividade terá início na Praça da Sé, 385, onde está localizada uma das subseções da OAB, e seguirá pelo Viaduto Maria Paula e Rua da Consolação, onde fica a sede do TRT. A previsão do Sinsexpro, sindicato que representa os trabalhadores, é de que participem da passeata cerca de 500 trabalhadores. Somente nas duas subseções da OAB, no centro de SP, trabalham 700 funcionários. A paralisação atinge todas as unidades da Ordem na Capital, Grande São Paulo e Interior do Estado. Os trabalhadores da OAB SP reivindicam o índice do ICV-Dieese, de 6,68%,na correção dos salários, mais aumento real de 10%. A Ordem oferece apenas 6,03% de aumento total. Ontem a autarquia ingressou com processo de Dissídio Coletivo no TRT.  A OAB SP também pediu liminar que garantisse retorno de 50% do efetivo de trabalhadores ao serviço e desimpedimento imediato do acesso à sua sede, sob pena de fixação de multa diária contra o Sinsexpro. A Justiça indeferiu a liminar legitimando o movimento e fortalecendo a greve. A audiência de conciliação do Dissídio foi agendada para esta sexta-feira (7/6), às 15h45, na sede do TRT, na Rua da Consolação, onde os trabalhadores se concentrarão para acompanhar o resultado da reunião. Saiba mais - O Sinsexpro é o Sindicato dos Trabalhadores das Autarquias de Fiscalização do Exercício Profissional e Entidades Coligadas no Estado de São Paulo, ligado à Central Unica dos Trabalhadores de São Paulo.



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.