FEM-CUT/SP assina Convenção Coletiva de Trabalho com a bancada do Grupo 2

A atividade acontece nesta terça, dia 13, às 15h, na sede da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), na FIESP. Com relação às bancadas dos Grupos 3, 8, 10 e Estamparia, a Federação continua as negociações, esperando chegar a um consenso.

Escrito por: flaviana • Publicado em: 13/11/2012 - 10:14 Escrito por: flaviana Publicado em: 13/11/2012 - 10:14

Imprensa - FEM-CUT/SP

A Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP) assina nesta terça-feira, dia 13, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da Campanha Salarial com a bancada patronal do Grupo 2 (máquinas e eletrônicos). A atividade acontece nesta terça, dia 13, às 15h, na sede da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), na FIESP, situada à Avenida Paulista, 1313 ?? 7º andar.

Os 13 sindicatos metalúrgicos filiados acataram a orientação da Federação e aceitaram o reajuste salarial de 8% (5,39% de reposição da inflação calculada pelo INPC da data-base da categoria, 1º de setembro, e mais 2,5% de aumento real) que será  pago em duas vezes: 7% retroativo à data-base da categoria, 1º de setembro, e mais 1% em março do ano que vem. ??Estamos na reta final da nossa Campanha, que foi vitoriosa. Fechamos acordos salariais de 8% em mais de 85% das empresas de todos os setores da nossa base. Esta CCT beneficiará aproximadamente 15% da base do G2 no Estado, formada por micro e pequenas empresas?, frisa o presidente da Federação Metalúrgica cutista, Valmir Marques, (Biro Biro).

Segundo dados da Subseção do Dieese da FEM, há cerca de 75.500 metalúrgicos nas empresas de máquinas e eletrônicos no Estado e a CCT contemplará 11.325 mil trabalhadores.

Na base da FEM-CUT/SP, o único Sindicato que encerrou a Campanha Salarial foi Monte Alto, contemplando 100% da categoria com o reajuste de 8%. Além do Grupo 2, a Federação também firmou CCT com a bancada da Fundição.

Demais setores
No último levantamento preliminar da FEM-CUT/SP, mais de 1.900 empresas de todos os setores da base da Federação no Estado já atenderam a reivindicação de aumento salarial de 8%. Agora com a Convenção Coletiva de Trabalho do Grupo 2 foram beneficiados cerca de 181 mil metalúrgicos de todos os grupos patronais, ou seja, 90% de um total de 201 mil que estão em Campanha na base da FEM.
Ainda estão sem acordo cerca de 20 mil metalúrgicos. Com relação às bancadas dos Grupos 3, 8, 10 e Estamparia, a Federação continua as negociações, esperando chegar a um consenso.
Setores da base da FEM-CUT/SP (em negociação)
Estamparia
Grupo 3 (autopeças, forjaria, parafusos)
Grupo 8 (trefilação, laminação de metais ferrosos; refrigeração, equipamentos ferroviários, rodoviários entre outros)
Grupo 10 (reúne os sindicatos patronais dos setores de lâmpadas, equipamentos odontológicos, iluminação, material bélico entre outros).
Total da base da FEM coberto pelo aumento salarial de 8%: 181 mil (acordos por fábricas e CCTs com o Grupo 2 e Fundição) ?? 20 mil ainda estão descobertos.
FEM e Grupo 2
Assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT-2012/2013)
Data: 13 de novembro (terça-feira)
Horário: 15h
Local: Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee)
Endereço: Av. Paulista, 1313 ?? 7º andar
Título: FEM-CUT/SP assina Convenção Coletiva de Trabalho com a bancada do Grupo 2, Conteúdo: Imprensa - FEM-CUT/SP A Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP) assina nesta terça-feira, dia 13, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da Campanha Salarial com a bancada patronal do Grupo 2 (máquinas e eletrônicos). A atividade acontece nesta terça, dia 13, às 15h, na sede da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), na FIESP, situada à Avenida Paulista, 1313 ?? 7º andar. Os 13 sindicatos metalúrgicos filiados acataram a orientação da Federação e aceitaram o reajuste salarial de 8% (5,39% de reposição da inflação calculada pelo INPC da data-base da categoria, 1º de setembro, e mais 2,5% de aumento real) que será  pago em duas vezes: 7% retroativo à data-base da categoria, 1º de setembro, e mais 1% em março do ano que vem. ??Estamos na reta final da nossa Campanha, que foi vitoriosa. Fechamos acordos salariais de 8% em mais de 85% das empresas de todos os setores da nossa base. Esta CCT beneficiará aproximadamente 15% da base do G2 no Estado, formada por micro e pequenas empresas?, frisa o presidente da Federação Metalúrgica cutista, Valmir Marques, (Biro Biro). Segundo dados da Subseção do Dieese da FEM, há cerca de 75.500 metalúrgicos nas empresas de máquinas e eletrônicos no Estado e a CCT contemplará 11.325 mil trabalhadores. Na base da FEM-CUT/SP, o único Sindicato que encerrou a Campanha Salarial foi Monte Alto, contemplando 100% da categoria com o reajuste de 8%. Além do Grupo 2, a Federação também firmou CCT com a bancada da Fundição. Demais setores No último levantamento preliminar da FEM-CUT/SP, mais de 1.900 empresas de todos os setores da base da Federação no Estado já atenderam a reivindicação de aumento salarial de 8%. Agora com a Convenção Coletiva de Trabalho do Grupo 2 foram beneficiados cerca de 181 mil metalúrgicos de todos os grupos patronais, ou seja, 90% de um total de 201 mil que estão em Campanha na base da FEM. Ainda estão sem acordo cerca de 20 mil metalúrgicos. Com relação às bancadas dos Grupos 3, 8, 10 e Estamparia, a Federação continua as negociações, esperando chegar a um consenso. Setores da base da FEM-CUT/SP (em negociação) Estamparia Grupo 3 (autopeças, forjaria, parafusos) Grupo 8 (trefilação, laminação de metais ferrosos; refrigeração, equipamentos ferroviários, rodoviários entre outros) Grupo 10 (reúne os sindicatos patronais dos setores de lâmpadas, equipamentos odontológicos, iluminação, material bélico entre outros). Total da base da FEM coberto pelo aumento salarial de 8%: 181 mil (acordos por fábricas e CCTs com o Grupo 2 e Fundição) ?? 20 mil ainda estão descobertos. FEM e Grupo 2 Assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT-2012/2013) Data: 13 de novembro (terça-feira) Horário: 15h Local: Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) Endereço: Av. Paulista, 1313 ?? 7º andar



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.