Federação dos Trabalhadores Químicos da CUT apoia campanha contra os agrotóxicos

Mobilização quer sensibilizar a população para os riscos dos agrotóxicos e pressionar por medidas para frear seu uso

Escrito por: vanessa • Publicado em: 04/02/2013 - 09:47 Escrito por: vanessa Publicado em: 04/02/2013 - 09:47

Desde 2011, mais de 50 entidades nacionais de juntaram  na Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, que tem o objetivo de sensibilizar a população brasileira para os riscos que os agrotóxicos representam, e a partir daí tomar medidas para frear seu uso no Brasil.

Essa luta tem o total apoio da Fetquim (Federação dos Trabalhadores Químicos da CUT no Estado de São Paulo) que se somará a essas entidades neste ano de 2013.

O Brasil é atualmente o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. As quantidades jogadas nas lavouras equivalem a cerca de 5,2 litros de veneno por habitante ao ano e, no entanto, o Brasil representa apenas 5% da área agrícola entre os 20 maiores países produtores agrícolas do mundo; ou seja, nossa produtividade não justifica nossa posição de ??liderança? no ranking de uso de venenos.

Você pode ajudar na campanha montando um comitê na sua cidade, local de trabalho ou estudo, organizando debates sobre o tema. Também pode assinar e incentivar assinaturas  ao abaixo assinado/petição virtual. Saiba mais através do site http://www.contraosagrotoxicos.org

Título: Federação dos Trabalhadores Químicos da CUT apoia campanha contra os agrotóxicos, Conteúdo: Fetquim Desde 2011, mais de 50 entidades nacionais de juntaram  na Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, que tem o objetivo de sensibilizar a população brasileira para os riscos que os agrotóxicos representam, e a partir daí tomar medidas para frear seu uso no Brasil. Essa luta tem o total apoio da Fetquim (Federação dos Trabalhadores Químicos da CUT no Estado de São Paulo) que se somará a essas entidades neste ano de 2013. O Brasil é atualmente o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. As quantidades jogadas nas lavouras equivalem a cerca de 5,2 litros de veneno por habitante ao ano e, no entanto, o Brasil representa apenas 5% da área agrícola entre os 20 maiores países produtores agrícolas do mundo; ou seja, nossa produtividade não justifica nossa posição de ??liderança? no ranking de uso de venenos. Você pode ajudar na campanha montando um comitê na sua cidade, local de trabalho ou estudo, organizando debates sobre o tema. Também pode assinar e incentivar assinaturas  ao abaixo assinado/petição virtual. Saiba mais através do site http://www.contraosagrotoxicos.org



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.