Em parceria com a UFABC, CUT oferece curso sobre racismo no mundo do trabalho

Formação será às terças na sede da entidade, em SP, com certificação da universidade federal

Escrito por: Redação CUT-SP • Última modificação: 07/03/2018 - 18:36 • Publicado em: 07/03/2018 - 18:17 Escrito por: Redação CUT-SP Publicado em: 07/03/2018 - 18:17 Última modificação: 07/03/2018 - 18:36

Arte: Maria Dias/CUT-SP

A CUT-SP, por meio da Secretaria de Combate ao Racismo, oferece, em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC), um curso de extensão para discutir as questões étnico-raciais no mercado de trabalho.

O curso “Desigualdades raciais no mundo do trabalho: as consequências da ideologia racista” é uma iniciativa piloto voltada para dirigentes e ativistas sindicais do estado de São Paulo. Gratuito, são 70 vagas disponíveis, com certificação pela UFABC.

As inscrições (baixe a ficha aqui) devem ser encaminhadas pelas entidades da base de representação da CUT-SP para o e-mail racial@cutsp.org.br.

Secretária de Combate ao Racismo da CUT-SP, Rosana Aparecida diz que a formação é uma oportunidade para os trabalhadores fortalecerem as discussões sobre discriminação nas empresas. “Entendendo o contexto de como a discriminação ocorre, os sindicatos podem formular novas cláusulas de promoção da igualdade racial e pensar ações de denúncia ao racismo”.

O curso de extensão está cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal do ABC, sob responsabilidade de Ramatis Jacino, professor do bacharelado em Ciências Econômicas da universidade.

As aulas serão realizadas na sede da CUT, à rua Caetano Pinto, 575, no Brás. Ao todo, são oito módulos distribuídos em aulas semanais, sempre às terças feiras, das 9h às 12h.

Confira o cronograma de aulas:

13/3 – O legado científico e cultural dos africanos

20/3 - Capitalismo e racismo: a expansão europeia

27/3 - O papel econômico, social, político e cultural da escravidão

3/4 – Resistência negra a escravidão

10/4 – A invenção do racismo - ideologia

17/4 – Transição do trabalho escravo para o trabalho assalariado

24/4 – Diminuição das desigualdades raciais nos governo Lula e Dilma

8/5 – O aumento das desigualdades após o golpe de 2016

 

Título: Em parceria com a UFABC, CUT oferece curso sobre racismo no mundo do trabalho, Conteúdo: A CUT-SP, por meio da Secretaria de Combate ao Racismo, oferece, em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC), um curso de extensão para discutir as questões étnico-raciais no mercado de trabalho. O curso “Desigualdades raciais no mundo do trabalho: as consequências da ideologia racista” é uma iniciativa piloto voltada para dirigentes e ativistas sindicais do estado de São Paulo. Gratuito, são 70 vagas disponíveis, com certificação pela UFABC. As inscrições (baixe a ficha aqui) devem ser encaminhadas pelas entidades da base de representação da CUT-SP para o e-mail racial@cutsp.org.br. Secretária de Combate ao Racismo da CUT-SP, Rosana Aparecida diz que a formação é uma oportunidade para os trabalhadores fortalecerem as discussões sobre discriminação nas empresas. “Entendendo o contexto de como a discriminação ocorre, os sindicatos podem formular novas cláusulas de promoção da igualdade racial e pensar ações de denúncia ao racismo”. O curso de extensão está cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal do ABC, sob responsabilidade de Ramatis Jacino, professor do bacharelado em Ciências Econômicas da universidade. As aulas serão realizadas na sede da CUT, à rua Caetano Pinto, 575, no Brás. Ao todo, são oito módulos distribuídos em aulas semanais, sempre às terças feiras, das 9h às 12h. Confira o cronograma de aulas: 13/3 – O legado científico e cultural dos africanos 20/3 - Capitalismo e racismo: a expansão europeia 27/3 - O papel econômico, social, político e cultural da escravidão 3/4 – Resistência negra a escravidão 10/4 – A invenção do racismo - ideologia 17/4 – Transição do trabalho escravo para o trabalho assalariado 24/4 – Diminuição das desigualdades raciais nos governo Lula e Dilma 8/5 – O aumento das desigualdades após o golpe de 2016  



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.