CUT/SP recebe Secretário de Relações do Trabalho do Governo de São Paulo

Davi Zaia visitou a sede da Central nesta tarde e recebeu a nossa pauta de reivindicação

Escrito por: tatiana • Publicado em: 13/05/2011 - 18:14 Escrito por: tatiana Publicado em: 13/05/2011 - 18:14
Adi dos Santos, Presidente da CUT/SP; Telma Aparecida, Secretária de Formação da CUT/SP; Davi Zaia, Sec. Relações do Trabalho de São Paulo; e Luiz Queiroz, Secretário de Meio Ambiente da CUT/SPAdi dos Santos, Presidente da CUT/SP; Telma Aparecida, Secretária de Formação da CUT/SP; Davi Zaia, Sec. Relações do Trabalho de São Paulo; e Luiz Queiroz, Secretário de Meio Ambiente da CUT/SP

Tatiana Melim - CUT/SP

Na tarde desta sexta-feira (13), a CUT/SP recebeu o Secretário de Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo, Davi Zaia, para tratar a respeito, fundamentalmente, das questões relacionadas ao funcionalismo público, tais como homologação do conselho do funcionalismo, data-base e política salarial.

??Diferente do que aconteceu nos últimos governos, a Secretaria de Relações do Trabalho está procurando abrir um diálogo com o movimento sindical e nós estamos levando nossas pautas e reivindicações para tentar construir um novo modelo de desenvolvimento para o estado de São Paulo?, explicou Adi dos Santos Lima, ao lembrar que há anos o funcionalismo público tem dificuldades de negociações com o governo do estado. ??Nós queremos que o governo respeite a data-base e garanta uma política salarial decente para os milhares de servidores?, completou.

Davi Zaia garantiu que encaminhará a pauta junto ao governo e que está disposto a ampliar o diálogo com a CUT. ??O governo tem interesse em manter um canal de diálogo com a CUT e as demais centrais, pois entendemos que é preciso ouvir a sociedade organizada e os trabalhadores para construirmos o desenvolvimento do estado?.

Davi ainda lembrou os últimos encontros que teve junto às centrais sindicais para discutir piso regional salarial e a Conferência Estadual da Classe Trabalhadora, entre outros assuntos. ??Nós temos o interesse em acertar, por isso procuraremos ouvir cada vez mais?, ressaltou.

Trabalho Decente

A discussão sobre trabalho decente ganhou nova força e destaque por parte do Governo Federal. Com isso, os estados e municípios também participarão do processo de debate e discussão sobre o tema, que resultará na Conferência Nacional do Trabalho Decente.

??O Brasil aderiu à discussão do trabalho decente e o estado de São Paulo vai cumprir o seu papel realizando a Conferência Estadual. E nós pretendemos realizar com o apoio e a forte participação do movimento sindical?, explicou Davi.

Adi, além de garantir a participação cutista na Conferência, reforçou que a CUT continuará na luta para que São Paulo construa cada vez mais um Estado forte, que tenha responsabilidade com a população e que seja presente na vida das pessoas. ??A CUT defende um Estado forte, indutor do desenvolvimento e participativo. E é através dessa concepção que continuaremos na busca do fortalecimento do diálogo com o governo de São Paulo?, finaliza.

 

Título: CUT/SP recebe Secretário de Relações do Trabalho do Governo de São Paulo, Conteúdo: Tatiana Melim - CUT/SP Na tarde desta sexta-feira (13), a CUT/SP recebeu o Secretário de Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo, Davi Zaia, para tratar a respeito, fundamentalmente, das questões relacionadas ao funcionalismo público, tais como homologação do conselho do funcionalismo, data-base e política salarial. ??Diferente do que aconteceu nos últimos governos, a Secretaria de Relações do Trabalho está procurando abrir um diálogo com o movimento sindical e nós estamos levando nossas pautas e reivindicações para tentar construir um novo modelo de desenvolvimento para o estado de São Paulo?, explicou Adi dos Santos Lima, ao lembrar que há anos o funcionalismo público tem dificuldades de negociações com o governo do estado. ??Nós queremos que o governo respeite a data-base e garanta uma política salarial decente para os milhares de servidores?, completou. Davi Zaia garantiu que encaminhará a pauta junto ao governo e que está disposto a ampliar o diálogo com a CUT. ??O governo tem interesse em manter um canal de diálogo com a CUT e as demais centrais, pois entendemos que é preciso ouvir a sociedade organizada e os trabalhadores para construirmos o desenvolvimento do estado?. Davi ainda lembrou os últimos encontros que teve junto às centrais sindicais para discutir piso regional salarial e a Conferência Estadual da Classe Trabalhadora, entre outros assuntos. ??Nós temos o interesse em acertar, por isso procuraremos ouvir cada vez mais?, ressaltou. Trabalho Decente A discussão sobre trabalho decente ganhou nova força e destaque por parte do Governo Federal. Com isso, os estados e municípios também participarão do processo de debate e discussão sobre o tema, que resultará na Conferência Nacional do Trabalho Decente. ??O Brasil aderiu à discussão do trabalho decente e o estado de São Paulo vai cumprir o seu papel realizando a Conferência Estadual. E nós pretendemos realizar com o apoio e a forte participação do movimento sindical?, explicou Davi. Adi, além de garantir a participação cutista na Conferência, reforçou que a CUT continuará na luta para que São Paulo construa cada vez mais um Estado forte, que tenha responsabilidade com a população e que seja presente na vida das pessoas. ??A CUT defende um Estado forte, indutor do desenvolvimento e participativo. E é através dessa concepção que continuaremos na busca do fortalecimento do diálogo com o governo de São Paulo?, finaliza.  



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.