Confira onde acompanhar fora da mídia hegemônica

 Serão 64 jogos em 11 cidades diferentes

Escrito por: CUT Nacional • Última modificação: 15/06/2018 - 10:42 • Publicado em: 14/06/2018 - 11:51 Escrito por: CUT Nacional Publicado em: 14/06/2018 - 11:51 Última modificação: 15/06/2018 - 10:42

Lucas Figueiredo/CBF

A Copa do Mundo da Rússia 2018 começou nessa quinta-feira (14). Serão 64 jogos em 11 cidades diferentes, onde 32 seleções vão disputar durante um mês quem levará o título. Nesta edição, as seleções do Brasil, a atual campeã Alemanha, e França são as principais favoritas, com a Argentina e Espanha correndo por fora.

O Brasil entra em campo pela primeira vez no domingo (17), às 15h, contra a Suíça, na Arena Rostov, em Rostov-on-Don. O segundo jogo da primeira fase será numa sexta-feira, dia 22 de junho, às 9h, contra Costa Rica, em Saint Petersburg. A terceira partida, no dia 27, será às 15h, em Moscou, no estádio Spartak, contra a Sérvia.

Além da grande imprensa, que têm acesso aos hotéis, treinamentos e coletivas, o futebol estará na pauta da TV dos Trabalhadores, veículos alternativos, rádios universitárias e populares.

Confira abaixo alternativas de onde acompanhar a Copa fora dos veículos tradicionais:

TVT

A TV dos Trabalhadores vai mostrar os gols das partidas da Copa do Mundo todos os dias, no Seu Jornal, a partir das 19h. Para assistir, basta sintonizar no 44.1 HD na TV digital.

Na TVT, é possível também acompanhar o programa ‘Papo com Zé Trajano’, que, com bate papo descontraído e a presença de convidados especiais, debate futebol, política, música, cultura e sociedade. No próximo mês, a Copa do Mundo da Rússia será o destaque da programação. Acompanhe de segunda a sexta, às 18h45, ao vivo, antes do Seu Jornal.

É possível acompanhar também pelo Portal da Rede Brasil Atual, que retransmite a programação da TVT.

Ultrajano

Sob a batuta também de José Trajano e Cláudio Arreguy, ex-jornalistas da ESPN e com bagagem de quatro décadas de cobertura esportiva, o Ultrajano trata não só de Copa do Mundo, mas de política, cultura geral e direitos humanos.

A principal atração são os vídeos, divididos em dois programetes: o Arreguy na Área e o Tabelinha, cujas edições anteriores estão disponíveis em um canal único no Youtube.

Brasil de Fato

O Brasil de Fato tem uma página especial dedicada à cobertura da Copa. A cobertura oferece transmissões ao vivo no Facebook de segunda à sexta, boletins diários na Rádio Brasil de Fato e reportagens exclusivas no portal. Os programas estaduais, que vão ao ar toda semana, também repercutem os boletins e trazem as informações mais recentes sobre o Mundial.

TV 247

Durante o Mundial da Rússia, a mesa-redonda 'Na ponta esquerda - Copa e Democracia' será exibida diariamente, às 20h30, pela TV 247, YouTube e Facebook. O programa combina a análise sobre o que acontece nos estádios russos, os lances e personagens do mais importante torneio de futebol do mundo, com o cenário e o contexto político nacional e internacional, sugerindo que, para além do entretenimento e da diversão, o futebol pode encaminhar relevantes debates e reflexões.

Confira como foi o programa de estreia exibido ontem" target="_blank">.

Telesur

Para aqueles que compreendem o idioma espanhol, a TV pública venezuelana é uma alternativa de cobertura com viés político, debates acalorados e irreverência.

O ponto alto da programação é a presença do craque argentino Diego Maradona, que terá um programa próprio durante a Copa. A atração De la mano del diez [“Das mãos do dez”] foi ao ar pela primeira vez nesta terça-feira (13), às 23h, em parceria com o jornalista esportivo uruguaio Víctor Hugo Morales. Eles vão repetir a dobradinha que fizeram durante a Copa de 2014.

Clique aqui para assistir à Telesur ao vivo na internet e acompanhe o Twitter criado pela emissora especialmente para conteúdos relacionados à Copa do Mundo 2018.

Rádio Inconfidência

Emissora de rádio pública de Minas Gerais, a Rádio Inconfidência AM 880 transmitirá as partidas da Copa do Mundo. Nos dias de semana, o futebol é assunto no programa Primeiras Esportivas, das 11h às 12h.

No programa Esportes pelo Ar, às 20h, tem mais uma hora de noticiário esportivo, com a participação de convidados e comentaristas de todo o estado, além da contribuição de ouvintes pelas redes sociais.

Coordenada por José Augusto Toscano, a equipe esportiva contém três narradores, três comentaristas, cinco repórteres e quatro plantonistas, de olho no dia a dia da Seleção.

Quem estiver fora de Minas Gerais pode acompanhar a cobertura da Copa no site oficial da emissora.

Rádio Ponto

Cerca de 45 estudantes do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) trabalham há um mês na produção de conteúdos sobre a Copa do Mundo para veiculação na Rádio Ponto UFSC. Eles integram o Núcleo de Radiojornalismo Esportivo, uma iniciativa pioneira entre as universidades do país, e também fizeram a cobertura do Mundial 2014 no Brasil.

Para acompanhar a programação, é preciso sintonizar a FM 106.1 na região do Campus Trindade, em Florianópolis, ou acessar o site da rádio.

A partir do dia 14, começam as Grandes Jornadas Esportivas (GJE), que são transmissões ao vivo de jogos do Mundial feitas pelos futuros jornalistas. A estrutura de transmissão da GJE se assemelha à de uma rádio comercial: um narrador, dois comentaristas, um repórter e um plantonista. Nos bares próximos ao estúdio, as partidas serão veiculadas com as imagens disponibilizadas pela Fifa e com o áudio da Rádio Ponto.

De segunda à sexta, às 17h45, as notícias mais quentes do dia são reunidas no programa Diário da Copa. Segunda, quarta e sexta, a partir das 18 horas, vai ao ar o programa Parada para a Copa, com debates e reportagens nos formatos áudio e vídeo: “Uma análise crítica, falando sobre os próximos jogos, previsões e palpites”, define o estudante.

Título: Confira onde acompanhar fora da mídia hegemônica, Conteúdo: A Copa do Mundo da Rússia 2018 começou nessa quinta-feira (14). Serão 64 jogos em 11 cidades diferentes, onde 32 seleções vão disputar durante um mês quem levará o título. Nesta edição, as seleções do Brasil, a atual campeã Alemanha, e França são as principais favoritas, com a Argentina e Espanha correndo por fora. O Brasil entra em campo pela primeira vez no domingo (17), às 15h, contra a Suíça, na Arena Rostov, em Rostov-on-Don. O segundo jogo da primeira fase será numa sexta-feira, dia 22 de junho, às 9h, contra Costa Rica, em Saint Petersburg. A terceira partida, no dia 27, será às 15h, em Moscou, no estádio Spartak, contra a Sérvia. Além da grande imprensa, que têm acesso aos hotéis, treinamentos e coletivas, o futebol estará na pauta da TV dos Trabalhadores, veículos alternativos, rádios universitárias e populares. Confira abaixo alternativas de onde acompanhar a Copa fora dos veículos tradicionais: TVT A TV dos Trabalhadores vai mostrar os gols das partidas da Copa do Mundo todos os dias, no Seu Jornal, a partir das 19h. Para assistir, basta sintonizar no 44.1 HD na TV digital. Na TVT, é possível também acompanhar o programa ‘Papo com Zé Trajano’, que, com bate papo descontraído e a presença de convidados especiais, debate futebol, política, música, cultura e sociedade. No próximo mês, a Copa do Mundo da Rússia será o destaque da programação. Acompanhe de segunda a sexta, às 18h45, ao vivo, antes do Seu Jornal. É possível acompanhar também pelo Portal da Rede Brasil Atual, que retransmite a programação da TVT. Ultrajano Sob a batuta também de José Trajano e Cláudio Arreguy, ex-jornalistas da ESPN e com bagagem de quatro décadas de cobertura esportiva, o Ultrajano trata não só de Copa do Mundo, mas de política, cultura geral e direitos humanos. A principal atração são os vídeos, divididos em dois programetes: o Arreguy na Área e o Tabelinha, cujas edições anteriores estão disponíveis em um canal único no Youtube. Brasil de Fato O Brasil de Fato tem uma página especial dedicada à cobertura da Copa. A cobertura oferece transmissões ao vivo no Facebook de segunda à sexta, boletins diários na Rádio Brasil de Fato e reportagens exclusivas no portal. Os programas estaduais, que vão ao ar toda semana, também repercutem os boletins e trazem as informações mais recentes sobre o Mundial. TV 247 Durante o Mundial da Rússia, a mesa-redonda Na ponta esquerda - Copa e Democracia será exibida diariamente, às 20h30, pela TV 247, YouTube e Facebook. O programa combina a análise sobre o que acontece nos estádios russos, os lances e personagens do mais importante torneio de futebol do mundo, com o cenário e o contexto político nacional e internacional, sugerindo que, para além do entretenimento e da diversão, o futebol pode encaminhar relevantes debates e reflexões. Confira como foi o programa de estreia exibido ontem target=_blank>. Telesur Para aqueles que compreendem o idioma espanhol, a TV pública venezuelana é uma alternativa de cobertura com viés político, debates acalorados e irreverência. O ponto alto da programação é a presença do craque argentino Diego Maradona, que terá um programa próprio durante a Copa. A atração De la mano del diez [“Das mãos do dez”] foi ao ar pela primeira vez nesta terça-feira (13), às 23h, em parceria com o jornalista esportivo uruguaio Víctor Hugo Morales. Eles vão repetir a dobradinha que fizeram durante a Copa de 2014. Clique aqui para assistir à Telesur ao vivo na internet e acompanhe o Twitter criado pela emissora especialmente para conteúdos relacionados à Copa do Mundo 2018. Rádio Inconfidência Emissora de rádio pública de Minas Gerais, a Rádio Inconfidência AM 880 transmitirá as partidas da Copa do Mundo. Nos dias de semana, o futebol é assunto no programa Primeiras Esportivas, das 11h às 12h. No programa Esportes pelo Ar, às 20h, tem mais uma hora de noticiário esportivo, com a participação de convidados e comentaristas de todo o estado, além da contribuição de ouvintes pelas redes sociais. Coordenada por José Augusto Toscano, a equipe esportiva contém três narradores, três comentaristas, cinco repórteres e quatro plantonistas, de olho no dia a dia da Seleção. Quem estiver fora de Minas Gerais pode acompanhar a cobertura da Copa no site oficial da emissora. Rádio Ponto Cerca de 45 estudantes do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) trabalham há um mês na produção de conteúdos sobre a Copa do Mundo para veiculação na Rádio Ponto UFSC. Eles integram o Núcleo de Radiojornalismo Esportivo, uma iniciativa pioneira entre as universidades do país, e também fizeram a cobertura do Mundial 2014 no Brasil. Para acompanhar a programação, é preciso sintonizar a FM 106.1 na região do Campus Trindade, em Florianópolis, ou acessar o site da rádio. A partir do dia 14, começam as Grandes Jornadas Esportivas (GJE), que são transmissões ao vivo de jogos do Mundial feitas pelos futuros jornalistas. A estrutura de transmissão da GJE se assemelha à de uma rádio comercial: um narrador, dois comentaristas, um repórter e um plantonista. Nos bares próximos ao estúdio, as partidas serão veiculadas com as imagens disponibilizadas pela Fifa e com o áudio da Rádio Ponto. De segunda à sexta, às 17h45, as notícias mais quentes do dia são reunidas no programa Diário da Copa. Segunda, quarta e sexta, a partir das 18 horas, vai ao ar o programa Parada para a Copa, com debates e reportagens nos formatos áudio e vídeo: “Uma análise crítica, falando sobre os próximos jogos, previsões e palpites”, define o estudante.