Bauru: CUT promove cidadania em escola ameaçada por vândalos

Ação levou cultura e serviços à comunidade escolar

Escrito por: Subsede da CUT-SP em Bauru • Publicado em: 14/11/2017 - 11:55 Escrito por: Subsede da CUT-SP em Bauru Publicado em: 14/11/2017 - 11:55

CUT-SP em Bauru

No último sábado, 11, a subsede de Bauru da CUT-SP, em parceria com a Escola Estadual Maria Aparecida H. Barbosa, Casa do Hip Hop, Apeoesp e Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma ação cidadã envolvendo a comunidade escolar da Vila Nova Esperança, zona oeste da cidade. A atividade contou com diversas apresentações culturais, brinquedos infláveis e serviços de saúde.

A escola, também conhecida como CAIC, foi escolhida para a ação devido à recente onda de vandalismo que resultou na depredação de parte de suas instalações. “Vimos que a comunidade está empenhada na defesa do CAIC. As ações de depredação são atos isolados. Eventos como este, que buscam a promoção da cidadania, são muito importantes para que a comunidade reconheça cada vez mais o papel dessa escola na educação dos filhos e filhas da população trabalhadora da zona oeste”, afirmou Itamar Calado, coordenador da subsede da CUT-SP na região.

Para a presidenta da Apeoesp, Maria Izabel Noronha, a Bebel, que esteve no evento, é preciso levar arte e cultura para a escola como forma de conscientizar pais, alunos e toda a comunidade sobre a importância da ocupação do espaço escolar. “A Apeoesp irá promover um encontro estadual envolvendo a juventude ligada ao Hip Hop”, anunciou. “A escola é um espaço público. É um espaço de todos e todas e deve estar aberta às manifestações culturais. Esta também é uma forma de educar”.

A atividade contou ainda com a participação do presidente da CUT-SP, Douglas Izzo. “Para a Central é uma honra fazer parte desse projeto. A educação, a cultura, o esporte e as brincadeiras são elementos essenciais para a construção de uma nova realidade nas comunidades”, destacou o dirigente em um bate papo com a juventude. 

Título: Bauru: CUT promove cidadania em escola ameaçada por vândalos, Conteúdo: No último sábado, 11, a subsede de Bauru da CUT-SP, em parceria com a Escola Estadual Maria Aparecida H. Barbosa, Casa do Hip Hop, Apeoesp e Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma ação cidadã envolvendo a comunidade escolar da Vila Nova Esperança, zona oeste da cidade. A atividade contou com diversas apresentações culturais, brinquedos infláveis e serviços de saúde. A escola, também conhecida como CAIC, foi escolhida para a ação devido à recente onda de vandalismo que resultou na depredação de parte de suas instalações. “Vimos que a comunidade está empenhada na defesa do CAIC. As ações de depredação são atos isolados. Eventos como este, que buscam a promoção da cidadania, são muito importantes para que a comunidade reconheça cada vez mais o papel dessa escola na educação dos filhos e filhas da população trabalhadora da zona oeste”, afirmou Itamar Calado, coordenador da subsede da CUT-SP na região. Para a presidenta da Apeoesp, Maria Izabel Noronha, a Bebel, que esteve no evento, é preciso levar arte e cultura para a escola como forma de conscientizar pais, alunos e toda a comunidade sobre a importância da ocupação do espaço escolar. “A Apeoesp irá promover um encontro estadual envolvendo a juventude ligada ao Hip Hop”, anunciou. “A escola é um espaço público. É um espaço de todos e todas e deve estar aberta às manifestações culturais. Esta também é uma forma de educar”. A atividade contou ainda com a participação do presidente da CUT-SP, Douglas Izzo. “Para a Central é uma honra fazer parte desse projeto. A educação, a cultura, o esporte e as brincadeiras são elementos essenciais para a construção de uma nova realidade nas comunidades”, destacou o dirigente em um bate papo com a juventude. 



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.