Audiência no dia 29 debate ataques a bancos públicos na Câmara de Santo André

Solicitação foi feita pelo Sindicato dos Bancários do ABC; evento terá início às 19h

Escrito por: Angélica Ferrasoli - Sindicato dos Bancários do ABC • Última modificação: 27/09/2017 - 16:06 • Publicado em: 26/09/2017 - 17:41 Escrito por: Angélica Ferrasoli - Sindicato dos Bancários do ABC Publicado em: 26/09/2017 - 17:41 Última modificação: 27/09/2017 - 16:06

Divulgação/Sindicato dos Bancários do ABC

A Câmara Municipal de Santo André sedia, no próximo dia 29, audiência pública para debater os ataques que os bancos públicos vêm sofrendo no atual governo federal. Solicitado pelo Sindicato dos Bancários do ABC e viabilizado por intermédio da vereadora Bete Siraque (PT), o evento terá início às 19h.

O objetivo é destacar a importância dessas instituições nas economias nacional e regional e promover a discussão sobre as ameaças de privatização e precarização nos bancos públicos, bem como informar as consequências para a sociedade e, em especial, a categoria bancária. Atualmente, Caixa e Banco do Brasil já passam por mudanças que reduzem o número de empregados e agências no País. Os cortes em programas sociais e na concessão de crédito, para pessoas físicas e empresas (inclusive via BNDES), também apontam para o desmonte dessas instituições.

Participam do evento como expositores o presidente do Sindicato, Belmiro Moreira; a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano; o coordenador da Comissão de Empresa do Banco do Brasil, Vagner Nascimento; o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Roberto von der Osten; a presidenta da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de São Paulo (Fetec-CUT-SP), Aline Molina; o deputado federal Vicentinho (PT-SP) e o deputado estadual Luiz Turco (PT-Santo André/SP).

Após a audiência também deverá ser aprovada uma moção de apoio dos parlamentares andreenses aos bancos públicos. O Sindicato já encaminhou às demais câmaras municipais da região a solicitação para atividades similares, e novos debates poderão ser promovidos. Eles se somam a centenas de ações que vêm sendo realizadas pelo País para denunciar o desmonte de empresas e serviços públicos, e ampliam a organização para um grande ato em defesa do patrimônio público que acontecerá em 3 de outubro na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Título: Audiência no dia 29 debate ataques a bancos públicos na Câmara de Santo André, Conteúdo: A Câmara Municipal de Santo André sedia, no próximo dia 29, audiência pública para debater os ataques que os bancos públicos vêm sofrendo no atual governo federal. Solicitado pelo Sindicato dos Bancários do ABC e viabilizado por intermédio da vereadora Bete Siraque (PT), o evento terá início às 19h. O objetivo é destacar a importância dessas instituições nas economias nacional e regional e promover a discussão sobre as ameaças de privatização e precarização nos bancos públicos, bem como informar as consequências para a sociedade e, em especial, a categoria bancária. Atualmente, Caixa e Banco do Brasil já passam por mudanças que reduzem o número de empregados e agências no País. Os cortes em programas sociais e na concessão de crédito, para pessoas físicas e empresas (inclusive via BNDES), também apontam para o desmonte dessas instituições. Participam do evento como expositores o presidente do Sindicato, Belmiro Moreira; a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano; o coordenador da Comissão de Empresa do Banco do Brasil, Vagner Nascimento; o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Roberto von der Osten; a presidenta da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de São Paulo (Fetec-CUT-SP), Aline Molina; o deputado federal Vicentinho (PT-SP) e o deputado estadual Luiz Turco (PT-Santo André/SP). Após a audiência também deverá ser aprovada uma moção de apoio dos parlamentares andreenses aos bancos públicos. O Sindicato já encaminhou às demais câmaras municipais da região a solicitação para atividades similares, e novos debates poderão ser promovidos. Eles se somam a centenas de ações que vêm sendo realizadas pelo País para denunciar o desmonte de empresas e serviços públicos, e ampliam a organização para um grande ato em defesa do patrimônio público que acontecerá em 3 de outubro na cidade do Rio de Janeiro (RJ).