Audiência contra a reforma da Previdência será dia 22 em São Paulo

A CUT é uma das apoiadoras da atividade que ocorrerá na Alesp

Escrito por: Vanessa Ramos e Rafael Silva - CUT São Paulo • Publicado em: 17/03/2017 - 17:52 Escrito por: Vanessa Ramos e Rafael Silva - CUT São Paulo Publicado em: 17/03/2017 - 17:52

Arte: Maria Dias/Secom CUT-SP / Charge: Carlos LatuffArte: Maria Dias/Secom CUT-SP / Charge: Carlos LatuffAudiência pública sobre a reforma da Previdência Social será realizada na próxima quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A atividade será das 10h às 18h, na Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, região do Parque do Ibirapuera.

A audiência é aberta a toda a população e conta com apoio das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, da CUT, da CTB, da Intersindical e da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap).

Duas mesas de debate serão organizadas. A primeira, às 10h, contará com a presença do presidente da CUT Nacional, Vagner Freitas, da pesquisadora do Dieese, Patrícia Pelatieri, do professor de economia da Unicamp, Eduardo Fagnani, e do presidente da Cobap, Warley Martins Gonçalles.

A partir das 14h, a segunda mesa terá o ex-ministro da Previdência Social no governo Dilma, Carlos Eduardo Gabas, do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, do deputado federal (PT-SP) e membro da Comissão da Reforma da Previdência, José Mentor, e do jornalista Luís Nassif.

O debate ocorre uma semana depois que os movimentos sindical e sociais organizaram paralisações e mobilizações pelo Brasil e ato nacional na cidade de São Paulo que reuniu 250 mil pessoas.

Clique aqui e confirme presença no evento.
 

Título: Audiência contra a reforma da Previdência será dia 22 em São Paulo, Conteúdo: Audiência pública sobre a reforma da Previdência Social será realizada na próxima quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A atividade será das 10h às 18h, na Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, região do Parque do Ibirapuera. A audiência é aberta a toda a população e conta com apoio das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, da CUT, da CTB, da Intersindical e da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap). Duas mesas de debate serão organizadas. A primeira, às 10h, contará com a presença do presidente da CUT Nacional, Vagner Freitas, da pesquisadora do Dieese, Patrícia Pelatieri, do professor de economia da Unicamp, Eduardo Fagnani, e do presidente da Cobap, Warley Martins Gonçalles. A partir das 14h, a segunda mesa terá o ex-ministro da Previdência Social no governo Dilma, Carlos Eduardo Gabas, do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, do deputado federal (PT-SP) e membro da Comissão da Reforma da Previdência, José Mentor, e do jornalista Luís Nassif. O debate ocorre uma semana depois que os movimentos sindical e sociais organizaram paralisações e mobilizações pelo Brasil e ato nacional na cidade de São Paulo que reuniu 250 mil pessoas. Clique aqui e confirme presença no evento.  



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.