A CUT e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo farão ato unitário no domingo, 21

18/05/2017 - 18:46

Em São Paulo, a concentração será em frente ao Masp, a partir das 15h

A CUT e as demais entidades que formam as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo vão realizar no próximo dia 21, em todo o Brasil, atos e manifestações para exigir a saída do ilegítimo presidente Michel Temer e eleições diretas. Em São Paulo, a concentração será em frente ao Masp, a partir das 15h.

No dia 24 também haverá uma Marcha a Brasília, convocada pela CUT e demais centrais sindicais, e que é uma prioridade do movimento sindical diante do novo cenário na política nacional após as denúncias contra Temer.

Segundo o presidente da CUT, Vagner Freitas, para propor reformas tão drásticas e nefastas no mercado de trabalho e na aposentadoria dos brasileiros, é preciso ter no mínimo condição política e moral, coisa que o grampo que o dono da JBS Joesly Batista comprovou, Temer não tem.

“No dia 24 vamos exigir a interrupção imediata da tramitação das reformas (desmontes) da Previdência e Trabalhista, que acabam com a aposentadoria e com a CLT”, disse Vagner, que complementou: “Um governo golpista e sua base de apoio não têm nenhuma condição moral de defendê-las”.

A denúncia contra Temer

As provas de corrupção e suborno envolvendo diretamente o golpista Michel Temer, numa operação com a JBS para calar o ex-deputado Eduardo Cunha comprovam, o que há mais de um ano afirmamos, que o ilegítimo Temer não tem nenhuma condição de continuar na presidência da República.

Só o voto popular pode resolver essa imensa crise política, resgatar a democracia e credibilidade na principal instituição brasileira. Qualquer outra saída será golpe dentro do próprio golpe.

É por isso, que a CUT e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocam todos e todas para ocupar as ruas no próximo domingo, dia 21 de maio, de todas as capitais do país para exigir Fora, Temer e Eleições Diretas, Já! E preparar a maior Marchas a Brasília no dia 24.