16 de abril: paralisação contra a privatização da Eletrobras

12/04/2018 - 16:59

Eletricitários em todos os estados vão parar na segunda-feira

Neste mês de abril completa oito meses do anúncio da privatização da Eletrobras. Desde então, as entidades sindicais, parlamentares e trabalhadores do setor estão travando uma batalha diária contra a entrega da maior estatal elétrica da América Latina à iniciativa privada.

Para dar continuidade à campanha nacional “Energia Não é Mercadoria” e reafirmar o compromisso dos trabalhadores e trabalhadoras na defesa da Eletrobras e suas controladas, no último dia 9 foi aprovada por unanimidade, na base da Eletronorte em Brasília, uma nova paralisação para o dia 16 de abril. De acordo com a orientação do Coletivo Nacional dos Eletricitários – CNE, que integra a Federação Nacional dos Urbanitários – FNU, a suspensão das atividades deverá ocorrer em todos os estados onde há atuação da estatal.

A dirigente sindical da Confederação Nacional dos Urbanitários – CNU – e do STIU-DF, Fabiola Antezana, ressaltou que além da paralisação, a luta em defesa da Eletrobras permanece firme no Congresso. Ela destacou a importância da participação da categoria nas audiências públicas convocadas pelas Comissões para debater a privatização do Sistema Eletrobras. “É preciso ter visibilidade no processo de luta que estamos travando”, disse.

Acordo Coletivo

A direção do STIU-DF informou que até o momento foram realizadas duas rodadas de negociação para discussão da pauta de reivindicações dos trabalhadores. No entanto, não houve avanços por parte da direção da empresa. Na reunião, a Eletrobras comunicou que nenhuma reivindicação referente às cláusulas novas foi aceita.

A terceira rodada de negociação está prevista para acontecer no dia 24 de abril. A Eletrobras se comprometeu a apresentar o índice de reajuste salarial e os índices econômicos da PLR referente ao exercício de 2017. (fonte: Stiu-DF)

Calendário de luta

Dia 16.4

Dia Nacional de Luta contra a Privatização do Sistema Eletrobras

Dia 23.4

. 2ª Audiência de Assédio Moral Coletivo contra o presidente da Eletrobras, Wilson Pinto, às 9h15

Local: 19ª Vara do Trabalho, 3º andar, 513 Norte

Brasília/DF

Dia 25.4

. Audiência da Ação Trabalhista contra a AGE 170 da Eletrobras, às 8h35

Local: 49ª Vara do Trabalho – Rua do Lavradio, 132 – 7º andar – Centro

Rio de Janeiro/RJ

Dia 25.4

. 14 horas – Lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Elétrico – Deputados Alencar Santana/Márcia Lia

Local: Assembleia Legislativa de São Paulo – Alesp

São Paulo/SP